Pane do Google expõe falha da computação em nuvem


Muita gente sentiu falta do Gmail ontem, depois dos Calendários, do Drive… vários produtos do Google pararam de funcionar, inclusive o Chrome. A companhia admitiu que passava por instabilidade e se propôs a ajustar tudo, sem contar o que estava acontecendo.

À noite, um engenheiro da companhia explicou o caso em um fórum. O problema, relata a Wired, ocorreu por culpa do Sync, que recolhe informações dos produtos do Google por meio do browser para que o usuário tenha uma navegação personalizada em qualquer dispositivo com Chrome.

Como o Sync atua diretamente no navegador, bastava acessar um serviço ligado a ele e o Chrome fechava – algo que já era teorizado por alguns internautas. A queda foi curta, mas pegou gente do mundo inteiro.

O pessoal da Wired levanta a questão de que esse pode ser um indício dos problemas a serem enfrentados em função da computação em nuvem, já que o erro partiu do Google e tirou de campo quem precisava dos produtos da companhia.

“Definitivamente é um grande e incomum problema, porque se o navegador cai, é uma falha do modelo todo do Chromium, em si”, disse à revista Kevin Quennesson, CTO do serviço de fotografias online Everpix.

Fonte: Olhar Digital

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , , , , , , , , ,