Aplicativos gratuitos de ensino de inglês para Android: breve relato de testes

A internet móvel cresce em número de usuários, novos recursos são incorporados aos aparelhos que, por sua vez, passam a demandar sistemas operacionais robustos, tais como a plataforma aberta Android. Nessa nova geração de celulares, os chamados smartphones, podemos encontrar pequenos softwares, os aplicativos, que são voltados para todos os fins possíveis e imagináveis tais como a educação. O objeto deste relato é aplicativos voltados para o ensino de inglês. Pretende-se apresentar uma análise dos recursos disponíveis para a aprendizagem do idioma em alguns aplicativos gratuitos, bem como tecer comentários acerca de seus benefícios e limitações. Conclui-se que são úteis em alguma medida, contudo, não são a solução definitiva na aquisição de uma segunda língua.
Palavras-chave: Android; Aplicativos; Aprendizagem de Inglês.
Autor: Carlos Henrique Silva de Castro

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

Fonte: www.textolivre.pro.br/blog/?p=3366


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , , , , , ,

Comments

Softwares para sistemas educacionais são solução para fraudes

Tecnologia pode garantir êxito na resolução de impasses do sistema educacional, como aplicação de provas em larga escala

 A adoção de um dispositivo inédito de diplomas com certificação digital pela Universidade de São Paulo (USP) sinaliza a tendência de se utilizar tecnologia como ferramenta contra fraudes em sistemas educacionais. A aprovação do diploma digital pelo Conselho Estadual de Educação de São Paulo abre portas para que novas instituições utilizem a tecnologia, com objetivo de evitar a falsificação dos documentos no momento de adesão a processos seletivos. Ao mesmo tempo, problemas com fraudes em provas aplicadas em larga escala e em concursos públicos também parecem ter encontrado uma solução: a tecnologia. Softwares como o Sistema de Gestão de Provas (SGP), desenvolvido para o gerenciamento de todo o processo de produção e aplicação de provas, garante a elaboração de testes individualizados para grande número de pessoas, economia de gastos e impossibilidade de fraudes.  Ele é utilizado por instituições como Fundação Getúlio Vargas e PUC Minas, entre outros.

 O sistema revolucionou os métodos tradicionais de fazer provas e pode beneficiar mais de 18 mil estudantes de ensino médio, graduação e candidatos de concursos públicos. Com o SGP, a elaboração das provas é feita pelos professores dentro da plataforma do próprio sistema, que pode ser realizado de forma online ou offline. Dessa forma, podem ser criados critérios de distinção entre as provas, como alterar a ordem das questões e das alternativas de acordo com os perfis dos alunos. Todas as páginas são identificadas com os dados de cada estudante, o que impossibilita a troca das folhas durante o exame.

 Nos casos de elaboração de provas para concursos ou Enem, o sistema conta com banco de dados que garante provas individualizadas para milhares de alunos, além de criar restrições de acessos às questões a cada professor, evitando que ocorram vazamentos. Isso significa que as provas podem se manter protegidas no sistema até que sejam impressas e entregues ao aluno minutos antes da aplicação. O armazenamento digital também evita atrasos, elimina os riscos de as provas serem extraviadas e servem de documento em casos de questionamentos internos ou jurídicos. De acordo com o CEO da Starline, empresa responsável pelo SGP, Adriano Guimarães, o processo também garante até 35% de economia no processo formal de despesas logísticas das instituições, no que diz respeito à produção das provas, transporte, impressão, logística e organização.

 Como prova da eficácia da tecnologia frente às possibilidades de fraudes no sistema de ensino, a Starline desenvolve, desde o início de 2012, projetos piloto para aplicação do SGP na realização de concursos públicos de grandes instituições em São Paulo.  O produto passa por inúmeros testes de hackeamento com sucesso, o que comprova a segurança da sua aplicação. O diferencial inovador e o caráter competitivo dos produtos também já abrem as primeiras portas da empresa no exterior.

Fonte: www.tinno.com.br


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , , , , , , , , , ,

Comments

BitDefender Lança Ferramenta de Remoção para Trojan Flame

A Bitdefender lançou ontem, uma ferramenta para encontrar e remover o mais complexo e perigoso kit de espionagem descoberto até o momento, o Flame, também conhecido como Flamer ou Skywiper. Flamer, também conhecido como Skywiper, pode roubar dados, senhas, interceptar conversas de voz, fazer captura de tela, até mesmo sondar dispositivos bluetooth que estejam perto de um computador infectado. O kit de ferramentas, que teria gerado recursos de espionagem no passado como foi o caso do Stuxnet e Duqu, pode se espalhar através de redes locais ou em drives removíveis como pendrives.


“Flamer é a ferramenta de espionagem mais assustadora qe já pôde ser vista no mundo cibernético. O seu potencial é tão grande, que ela vai a lugares onde um spyware e outros elementos cibernéticos nefastos não vão, recupera outras informações que não fáceis de recuperar, e garante que o computador infectado não tenha privacidade alguma”, disse Catalin Cosoi, Pesquisadora Chefe de Segurança da Bitdefender. Mas, felizmente, a ferramenta de remoção da Bitdefender torna mais fácil de eliminar Flame do seu computador.

Além disso, Flamer não é uma ferramenta única de espionagem como tal, e sim todo um conjunto de ferramentas sob o comando de atacantes. Em tamanho, é a maior de todas até o momento, em relação a dimensão de seus ataques. A própria dimensão que significa os pesquisadores provavelmente ainda estão analisando Flamer durante semanas, para descobrir exatamente todas as suas funções.

Fonte: http://under-linux.org/bitdefender-lanca-ferramenta-de-remocao-para-trojan-flame-4915/

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , , , , , , , , , , , ,

Comments

Ferramenta de Sniffer Exibe Mensagem de Usuários do WhatsApp

WhatsApp Sniffer é um aplicativo capaz de exibir mensagens de outros usuários do serviço WhatsApp, que estiverem conectados à mesma rede que o usuário do aplicativo. A ferramenta desvia todo o tráfego de dados, por exemplo, a partir de uma rede Wi-Fi através do smartphone do usuário e procura mensagens WhatsApp, que são transferidas em texto simples.Tudo que o usuário precisa é de um smartphone Android “rooted”.


Aplicativo WhatsApp Apresenta Falhas que Põem em Risco a Privacidade dos Usuários

O serviço de mensagens WhatsApp estabeleceu-se como uma alternativa para mensagens de texto entre usuários de smartphones, porque, ao contrário de mensagens de texto, os utilizadores apenas pagam pelo uso de dados. E se um usuário está na faixa de um ponto Wi-Fi gratuito, então ele é livre para usar. Mas em redes Wi-Fi públicas, utilizar WhatsApp acaba sendo uma idéia muito ruim. Ao contrário, por exemplo,do IMessage, mensagens WhatsApp são transmitidas em texto simples, o que significa que os bisbilhoteiros e curiosos, juntamente com o destinatário, podem lê-los.

Fonte: http://under-linux.org/

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , , , , , , ,

Comments

Empreendedorismo: conheça concursos que dão prêmios e ajudam sua startup a decolar

Stephanie Kohn

Como comentou a gerente de relacionamento com startups da Microsoft, Silvia Valadares, uma das maneiras mais fáceis de encontrar investidores a fim de bancar uma boa ideia é se inscrever em projetos, que além de ajudar com capital também oferecem oportunidades únicas como, por exemplo, aprender a administrar uma pequena empresa no Vale do Silício.

A própria Microsoft tem dois projetos de empreendedorismo: o “ImagineCup” e o “BizSpark”. Na ImagineCup 2012, os participantes podem escolher entre três categorias por equipe: Software Design, Game Design: Xbox/Windows, e Game Design: Phone ou optar pelo IT Challenge. Há ainda a possibilidade de aumentar suas chances competindo também nos desafios Kinect Fun Labs, Windows Metro Style App, Windows Azure ou Windows Phone Challenges.

A semifinal nacional acontecerá em maio, em Brasília, onde a empresa definirá a equipe que representará o Brasil na final mundial em Sydney (Austrália). No ano passado, o Brasil foi o 2º país com o maior número de inscritos: 42 mil jovens. Fora isso,  pela terceira vez, os estudantes brasileiros comemoraram a 1ª colocação, além de terem sido reconhecidos em diversas categorias com os melhores projetos do mundo.

Já o “BizSpark”, programa mundial da Microsoft para apoiar startups que utilizam tecnologia da empresa, é indicado para quem já tem um negócio com menos de três anos de vida, faturamento inferior a US$ 1 milhão e que desenvolva produtos ou serviços baseados em software. Nele, a Microsoft oferece Visual Studio, ferramentas de desenvolvimento, Windows Server, SQL Server e SharePoint e outros praticamente de graça. O trabalho da Sílvia é divulgar a ideia para incubadoras, blogueiros e projetos que possam ajudar as startups a terem um contato facilitado com a Microsoft.

Na mesma linha, o “IBM Smartcamp” é o Programa Global de Empreendedorismo da IBM, uma iniciativa que oferece às startups (com no máximo 5 anos de existência) acesso às tecnologias específicas da sua indústria-alvo em um ambiente de cloud computing. Com o programa, as empresas participantes terão acesso às linhas de pesquisa da IBM, além de poderem conhecer técnicas de vendas e marketing. A empresa passa por diversas cidades para escolher seu finalista da etapa brasileira.

Os cinco finalistas desenvolvem soluções de tecnologia e competem com vencedores de outros países. A partir daí, a empresa reúne empresários, investidores, representantes de universidades e executivos da IBM, que discutirão oportunidades de negócios para empresas que desenvolverem as soluções que contribuam para a vida das cidades e o crescimento do país. “Estamos em busca de empresários com ambição global para conectá-los a mentores, ao capital e aos mercados em uma base internacional”, ressalta o gerente do Centro de Inovação da IBM Brasil, Ricardo Mansano.

Já a Telefônica tem uma iniciativa chamada “Wayra Brasil”, que identifica e retém talentos no país, nas áreas de inovação e tecnologia. A empresa seleciona dez projetos e as equipes participam de um processo de “mentoring”, que ensina os participantes a transformar as ideias em produtos e serviços. Além disso, os vencedores recebem de US$ 30 mil a US$ 70 mil, espaço físico, infraestrutura, apoio à gestão e as ferramentas necessárias para impulsionar o desenvolvimento da ideia.

Os primeiros 10 membros selecionados, em novembro do ano passado, iniciam suas atividades em fevereiro. Os empreendedores selecionados em novembro terão seis meses para acelerar sua ideia, prazo que poderá ser estendido por outros seis. Como contrapartida, a Telefônica será sócia minoritária, com participação em torno de 10% do negócio resultante de cada um deles.

Este ano, durante a Campus Party Brasil 2012, a Telefônica vai levar o “Wayra” para o Parque do Anhembi. Os participantes do evento puderam se inscrever no concurso para garantir uma vaga entre os 30 candidatos que disputarão dez vagas na final.

A Intel também possui um programa anual que ajuda empreendedores da América Latina, o “Desafio Intel”. A Etapa da América Latina classifica seis equipes que concorrem com startups do mundo todo. O interessante é que os projetos finalistas apresentam para uma banca mista de jurados a sua ideia via videoconferência. A equipe que conquista o primeiro lugar na etapa latino-americana recebe US$ 15 mil, o segundo colocado, US$ 7 mil, e o terceiro, US$ 3 mil. As três primeiras classificadas têm todas as despesas pagas para dois representantes de cada equipe competir no Desafio Intel internacional, que normalmente ocorre no Vale do Silício (Califórnia, Estados Unidos).

Os projetos nacionais presentes são finalistas de outro desafio, o “Desafio Brasil”, competição brasileira entre empresas e empreendedores da área de tecnologia, que ocorre em todo o país. “Os participantes do Desafio Brasil se beneficiam com a experiência de apresentarem projetos para investidores, dos treinamentos oferecidos durante a competição e também do contato direto com fundos de venture capital. Acreditamos que este tipo de iniciativa é vital para formar os empreendedores do futuro”, ressalta Nuno Simões, diretor de Assuntos Corporativos para a América Latina da Intel.

Há ainda um projeto do Buscapé, que premia o vencedor com R$ 1 milhão. O desafio busca empreendedores que queiram desenvolver sua ideia comercialmente, montando uma empresa e tendo o Grupo Buscapé como sócio. O vencedor do “Sua ideia vale um milhão” é aquele que apresentar o melhor conjunto de time, plano, protótipo/produto/ideia e oportunidade de negócio. Após uma rigorosa seleção, nove grupos finalistas apresentam suas ideias para um júri composto pelos sócios da empresa e outros executivos da companhia. Diferentemente do que sugere o nome, o vencedor do desafio ganhará um aporte de R$ 300 mil reais, correspondente a 30% de participação na empresa que terá como sócio o próprio Buscapé.

O IG também oferece um prêmio para startups inovadoras, em parceria com o Blog Startupi. O IG Startups tem abrangência nacional e busca por empresas iniciantes de produtos, aplicativos, plugins e outros serviços digitais para as plataformas web, smartphones, tablets e TV conectadas. Os vencedores ganham um pacote de incentivos de R$ 60 mil, além de consultoria tecnológica e de negócios e a divulgação da ideia no portal iG.

Se você tem uma ideia genial ou já criou sua startups, vale a pena se inscrever em uma dessas premiações (links abaixo). Entre nos sites, leia os regulamentos com atenção e escolha qual deles é o melhor para você. A maioria dos concursos começa no fim do ano, por isso, dá tempo de sobra para se inscrever e aprimorar o seu projeto. Boa sorte!

ImagineCup

BizSpark

IBM Smartcamp

Wayra Brasil

Desafio Intel

Sua ideia vale um milhão

IG Startups

Fonte: Olhar Digital

 


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , , , , , , , , ,

Comments