Posts Tagged MS

Hotmail deixará de existir!

A Microsoft vai trocar o já antigo Hotmail.com pelo Outlook.com. Serviço que já está funcionando e traz uma interface no estilo metro, assim como o Windows 8.  Para migrar sua conta para seu_nome@outlook.com é só acessar o endereço outlook.com com suas credenciais msn, Hotmail ou live. Caso não tenha uma conta é só criar um perfil novo. Mais informações no site http://windows.microsoft.com/pt-BR/windows/outlook/home.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , , , , , , , , , , , ,

Comments

PlayOnLinux – Execute aplicações do Windows no Ubuntu

Caso seja um utilizador novo do Ubuntu ou até já com algum tempo de utilização deste Sistema Operativo, de certeza que a certa altura necessitou de utilizar um programa apenas disponível para Windows. Este é um problema recorrente e, por vezes, a solução não é a mais simples. Nesse sentido apresento o PlayOnLinux.

O PlayOnLinux é um derivado do programa Wine, criado com o objectivo de retirar do utilizador a necessidade de lidar com a complexidade do Wine. Desta maneira poderá instalar os seus programas preferidos em poucos cliques e o PlayOnLinux tratará de todas as configurações e modificações necessárias ao Wine sem que o utilizador sequer note as mudanças.

Mas a principal característica deste programa é a enorme quantidade de programas suportados e todos agrupados numa lista simples de utilizar e verificar. Deste modo o utilizador saberá de antemão se um programa já é, ou não, suportado pelo Wine previamente à instalação.

 

Instalação

Antes de instalar o PlayOnLinux é recomendável que tenha primeiro instalado a versão mais recente do Wine. Desta forma poupará algum tempo na instalação do PlayOnLinux e como irá instalar a versão mais actual também irá corrigir bastantes erros existentes em versões anteriores.

A instalação da última versão do Wine, pode ser facilmente efectuada via terminal (Aplicações →Acessórios →Consola) com o seguinte comando:

sudo add-apt-repository ppa:ubuntu-wine/ppa && sudo apt-get update && sudo apt-get install wine1.3

A instalação do PlayOnLinux, para agilizar o processo, também é executada via terminal (Aplicações→Acessórios→Consola) e adicionará ao seu sistema o repositório que lhe permitirá ter o programa sempre na versão mais actual. Primeiro, deve ter em atenção que este método apenas funciona nas versões mais conhecidas e actuais do Ubuntu, portanto, veja se o seu Ubuntu está na lista seguinte:

  • Ubuntu 10.10 (Maverick Meerkat)
  • Ubuntu 10.04 LTS (Lucid Lynx)
  • Ubuntu 9.10 (Karmic Koala)
  • Ubuntu 8.04 LTS (Hardy Heron)

Tendo em conta que o seu Ubuntu é um destes referidos, então, no terminal, escreva o seguinte:

wget -q “http://deb.playonlinux.com/public.gpg” -O – | sudo apt-key add – && sudo wget http://deb.playonlinux.com/playonlinux_$(lsb_release -cs).list -O /etc/apt/sources.list.d/playonlinux.list && sudo apt-get update

Depois do processo de instalação do repositório estar concluído, deverá instalar o PlayOnLinux executando o seguinte comando no terminal ou clicando no botão seguinte:

sudo apt-get install playonlinux

 

Configuração

Na primeira vez que iniciar o PlayOnLinux terá de executar alguns passos de forma a configurar o programa. Nas duas primeiras opções que lhe são dadas bastará clicar em avançar, o PlayOnLinux irá procurar na Internet por actualizações e caso seja necessário irá actualizar o programa.

Caso ainda não tenha instalado o tipo de letra utilizado pela Microsoft o PlayOnLinux abrirá uma janela a perguntar se as deseja instalar, recomendo que o faça para um melhor aspecto nas aplicações que instalar futuramente.

Todo o resto da instalação deverá decorrer normalmente e sem mais nenhuma surpresa.

 

Mais Informação

De agora em diante sempre que quiser instalar um aplicativo do Windows no Ubuntu verifique primeiro se está disponível na lista do PlayOnLinux. Para tal, abra o programa (Aplicações→Jogos→PlayOnLinux), seleccione a opção “Instalar” e procure pelo programa que deseja.

Caso o encontre seleccione-o e clique na opção “Aplicar“. Verá agora o assistente do PlayOnLinux que o ajudará durante a instalação para que o programa fique o mais bem instalado possível.

No final da instalação o programa ficará disponível para execução na janela principal do PlayOnLinux, bastará clicar nele e escolher a opção “Executar” para o utilizar.

Com o PlayOnLinux testado com sucesso, poderá agora utiliza-lo no caso de querer trabalhar com programas não disponíveis para o Ubuntu, tal como eu utilizei para instalar o Steam. A lista de programas disponíveis aumenta quase diariamente, no caso de não encontrar ainda o programa que pretende, poderá comunicar à equipa do PlayOnLinux no seguinte web site:

PlayOnLinux – Website Oficial

Fonte: http://ubuntued.info/

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , , , , , , , , , , ,

Comments

MS manda vídeo de parabéns pelos 20 anos do linux.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , ,

Comments

Lançamento do MDOP 2011: App-V 4.6 SP1 e MED-V 2.0

Foi lançado no dia 10/Março o MDOP 2011.

Composto atualmente por seis tecnologias (a sétima, MBAM, com Beta disponível em http://bit.ly/w7mbam) o Microsoft Desktop Optimization Pack (MDOP) auxilia na otimização da infraestrutura de desktops, seja Windows XP, Windows Vista ou Windows 7.

Se você gerencia infraestrutura de Desktops mas ainda não conhece o MDOP eu recomendo o artigo http://bit.ly/w7mdop.

As duas novidades da versão 2011 dizem respeito ao App-V e MED-V, descritas abaixo:

 


imageApplication Virtualization (App-V) 4.6 SP1

A grande novidade é novo Sequencer, responsável pelo processo de sequenciamento/empacotamento das aplicações:

  • Exibe alertas sobre potenciais problemas durante o sequenciamento. Exemplos: Avisa se algum serviço de impacto está ativo (figura a seguir), além de indicar se durante a instalação do pacote existe a instalação de algum driver de acesso a dispositivo (ex.: MS NetMon).
  • O assistente de sequenciamento foi reformulado.
  • Suporta “App-V Package Accelerators”, que são configurações pré-definidas pelo fabricante do software ou pela comunidade técnica que simplificam o processo de sequenciamento, pulando a etapa manual de instalação monitorada.Simplesmente você indica onde está o pacote de instalação, indica onde está o respectivo Package Accelerator, e o Sequencer gera o pacote no formato App-V (Project 2010, Acrobat Reader e Office 2010 estao disponiveis – link abaixo)
  • Suporta empacotamento do .Net Framework 4.0

Além disso houve melhoria no suporte ao cache compartilhado (já disponível na versão 4.6), muito útil em RDS (terminal server) e VDI para reduzir o consumo de disco.

App-V 4.6 SP1 Trial Guide: http://bit.ly/appv46tg

App-V 4.6 SP1 Sequencing Guide: http://bit.ly/appv46sg

Vídeos sobre App-V 4.6 SP1: http://technet.microsoft.com/en-us/windows/ff383366.aspx#APP-V

App-V Package Accelerators (Acrobat Reader e Microsoft Project 2010): http://www.microsoft.com/downloads/en/details.aspx?FamilyID=9471c2ae-cb03-42c4-9976-72f24937a800

App-V Package Accelerator Microsoft Office Professional Plus 2010 -Windows 7: http://gallery.technet.microsoft.com/App-V-Package-Accelerator-62415d39

App-V 4.6 SP1 (upgrade): http://www.microsoft.com/downloads/en/details.aspx?FamilyID=3b48dbfe-612d-4806-b737-9254bd9b2445

image


imageMicrosoft Enterprise Desktop Virtualization (MED-V) 2.0

A versão 2.0 do MED-V é bem diferente da versão 1.0, mas com um mesmo propósito: facilitar no Windows 7 o acesso a um ambiente de aplicações antigas que dependem de um Sistema Operacional anterior (nesse caso, Windows XP).

Lembre-se: MED-V não é o VDI da Microsoft! Se você se interessa em VDI leia o artigo http://bit.ly/vdims.

Do lado da estação cliente a grande mudança foi a substituição do Virtual PC 2007 pelo Windows Virtual PC (o mesmo usado pelo XP Mode), com melhor integração com o Windows 7 como a redireção de dispositivos USB e suporte a smartcard.

O MED-V estende as possibilidades do XP Mode com recursos como:

  • Redireção automática de sites: Você (time de TI) define quais sites devem ser carregados no Internet Explorer 6 (do XP virtual). Com isso o usuário final não precisa decidir qual browser deve abrir. Simplesmente o usuário tenta acessar determinado site e a redireção o carrega no browser mais adequado: mantém no IE8/IE9 (Windows 7 “físico”) ou encaminha ao IE6 (XP virtual).
  • Melhor redireção de recursos como impressoras de rede e pastas de documentos.
  • Melhor integração na publicação dos aplicativos do XP Virtual no Menu Iniciar do Windows 7.
  • Facilita o empacotamento (formato .MSI) e distribuição do XP virtual em ambiente corporativo.

No caso da infraestrutura a grande mudança foi a remoção do papel do MED-V server.

Pergunta: Como então podemos gerenciar o MED-V 2.0 de maneira centralizada?

Resposta: Usando a sua atual infraestrutura de distribuição de software (ex.: System Center Configuration Manager – SCCM) e Active Directory (GPOs / Group Policy Preferences).

MED-V 2.0 Trial Guide: http://bit.ly/medv2tg

Vídeos sobre MED-V 2.0: http://technet.microsoft.com/en-us/windows/ff383366.aspx#MED-V

imageimage

Fonte: http://marcelomatias.wordpress.com

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , ,

Comments

Vem ai… Windows 8!

É apenas o começo. Mas dá pra ter uma ideia de como vai ficar.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

, , , ,

Comments